Se você está interessado em baixar algum álbum postado a partir de 2015, entre em contato por e-mail: prolasdorock@yahoo.com ou deixe seu contato nos comentários (este não será visível publicamente), e o link será enviado o mais breve possível!


Mais informações aqui: http://goo.gl/ra9cdp


-------------


If you are interested in downloading any posted album from 2015, contact by email: prolasdorock@yahoo.com or let your email in comments (this will not be visible publicly) and the link will be sent as soon as possible!


More info here: http://goo.gl/ra9cdp

sábado, 22 de abril de 2017

ACID FOLK - PREFIX - Brustna Illusioner - 1974


Artista / Banda: Prefix
Álbum: Brustna Illusioner
Ano: 1974
Gênero: Acid Folk 
 País: Suécia

Comentário: Um dos discos mais raros já vindos da Escandinávia, este é o único trabalho lançado por esse trio de história desconhecida, com apenas 100 cópias e até hoje nunca relançado! Dividido em 13 curtas faixas, cantadas em inglês e sueco, mescla baladas folk acústicas e viajantes à la anos 60 e passagens ácidas e de peso na guitarra fuzz (como em "Good Old Woman", "Duke Of War" e "Samhällstillvänd"). A produção é bastante amadora e sem requintes.
Uma das grandes raridades já trazidas pelo blog, vale a audição principalmente para fãs de folk psicodélico.

Here's the rarest Swedish 70s underground LP!!! Record in 1973 to 1974 and pressed in less than 100 copies in 1974. Not even the big wig Swedish collectors have it and it's an amazing record. Totally homemade underground private press that sort of reminds me of some UK Holyground LPs like Astral Navigations and A to Austr. with everything from heavy acid underground fuzz sounds to beautiful Beatleesque piano based ballads, with slight, understated but deep psych effects,...but done underground in Sweden by definitive acid casualties. More than half of the songs are sung in English.
Text: PopSike

Músicos:
Ingrid Blom
Åke Eriksson
Pierre Blom

Faixas:
01 Alla Noter Är Ledsna 6:43
02 Doris With The Eye 3:02
03 Min Kära 2:15
04 The Bobby Medger's Tune 2:10
05 Mellanöl 1:40
06 Happy New Year 4:07
07 Good Old Woman 2:04
08 Ett Ord Som Finns Mening Till 3:30
09 Duke Of War 3:13
10 Jag Målar En Tavla 1:53
11 Samhällstillvänd 2:43
12 Son Of A Woman 3:56
13 Stupid Record Company 2:14

sábado, 15 de abril de 2017

EXPERIMENTAL / AVANT-PROG - BOB BELL - Necropolis - 1978


Artista / Banda: Bob Bell
Álbum: Necropolis
Ano: 1978
Gênero: Experimental / Avant-Prog / Free Jazz
 País: Canadá

Comentário: Músico e compositor de Vancouver que lançou dois álbuns, este que posto aqui, de forma privada em 1978, e outro mais recente, em 2006. Pouco mais se sabe sobre sua história. O disco, gravado ao vivo em estúdio, é composto de 5 faixas totalmente instrumentais e experimentais. 
As 4 primeiras, que preenchem o lado A, trazem o trio bateria, baixo e guitarra, com destaque para a fúria e distorções da última em diversos momentos, passando por psicodelia e jam/ noise rock. Já a suíte que fecha o LP apresenta piano, saxofone e percussão, em passagens abstratas e caóticas que flutuam entre avant-prog e free jazz, apesar de difícil rotulação.
Para fãs de avant-prog e experimentalismo essa é uma interessante pedida, recomendado.

This one's pretty damn strange/unique. I'll have to break it down a side at a time.
Side A is four unnamed pieces featuring a guitar/bass/drum lineup doing entirely instrumental, noisy mathy jazzy skronk rock. Sounds a bit like a mishmash of Discipline-era KC, Melt Banana (minus the vocals), Minutemen and DNA. It's quite good, and VERY ahead of its time, and it'd be worth the price of admission...
...until the side-long title track hits you. This one's got a lineup of drums/piano/saxophone, and it's full-blown free improv. Chaotic, aimless free improv. It has nothing to do with the rest of the album. Not musically, not aesthetically, not sonically.

Músicos:
Bob Bell (guitarra, saxofone)
Paul Plimley (piano)
Lyle Ellis (baixo)
Mark Franklin (baixo)
Paul Franklin (percussão)

Faixas:
01 Necropolis 1 4:30
02 Necropolis 2 4:32 
03 Necropolis 3 5:28
04 Necropolis 4 5:14
05 Necropolis 5 15:08

quinta-feira, 6 de abril de 2017

PROGRESSIVE FOLK - ILPO SAASTAMOINEN - Joutsenen Juju - 1976


Artista / Banda: Ilpo Saastamoinen
Álbum: Joutsenen Juju
Ano: 1976
Gênero: Progressive Folk
País: Finlândia

Comentário: Multi-instrumentista e compositor nascido em Pielavesi, 1942. Participou de grupos locais como Pohjantahti e Piirpauke, lançando um único e raro disco solo pela Love. Nesta obra ouvimos 8 faixas, intercaladas entre curtas e longas, contando com presença de diversos músicos locais, mesclando rock progressivo e folk nórdico, usualmente comparado a bandas conterrâneas como Samla Mammas Manna e Haikara. Praticamente todo instrumental, ouvimos uma grande variedade de arranjos e solos, geralmente presentes em viajantes jams.
Um belo exemplo de como a música progressiva pode ser diversificada e rica, recomendado! 

Multi-instrumentalist and composer born in Pielavesi, 1942. Participated in local groups such as Pohjantahti and Piirpauke, releasing only a rare solo album by Love. In this work we hear 8 tracks, interspersed between short and long, with the presence of several local musicians, mixing progressive rock and Nordic folk, usually compared to bands like Samla Mammas Manna and Haikara. Practically all instrumental, we hear a great variety of arrangements and solos, generally present in trippy jams.


Músicos:
Ilpo Saastamoinen (guitarra, violão, baixo, zither, yangqin, vocal)
Pekka Sarmanto (baixo)
Edward Vesala (bateria, percussão)
Kari Hynninen (baixo)
Juhani Aaltonen (saxofone)
Timothy Ferchen (vibrafone, marimba)
Jordan Koschuharov (violino)

Faixas:
01 Joutsenen Juju 9:41
02 Sinä - Oksa 6:38
03 Olosuhteiden Kaikuja 6:35
04 Kiljanderin Polska 4:13
05 Air 4:30
06 Ihmisten Ja Lintujen Iltapäivä 2:58
07 Huuhkajan Lemmikki 7:27
08 Saunapiian Polkka 2:09

terça-feira, 4 de abril de 2017

PSYCHEDELIC/ FUNK ROCK - KALIKA - Same - 1973


Artista / Banda: Kalika
Álbum: Kalika
Ano: 1973
Gênero: Psychedelic / Funk Rock
 País: Bélgica

Comentário: Obscuridade belga, cuja história é pouco conhecida, lançou apenas um raro LP de 500 cópias e outros 2 singles, todos pelo pequeno selo VOOOM. O disco é dividido em 12 curtas faixas, que mesclam rock psicodélico e funk, onde destaca-se o instrumental, que conta com passagens competentes de flauta, órgão, guitarra e percussão em praticamente todas as músicas. O vocal não é tão bom, soando repetitivo em alguns momentos, sendo as letras em inglês (maioria) e também francês. Mesmo assim no geral, uma obra que possui suas qualidades e merece uma audição por fãs dos estilos citados.

Belgian obscurity, whose history is little known, released only a rare LP and 2 other singles, all by the small label VOOOM, but without success. The album is divided into 12 short tracks, that mix psychedelic and funk rock, where the instrumental is highlighted, which counts with competent passages of flute, organ, guitar and percussion in practically all the songs. The vocals are not so good, sounding repetitive at times, being the lyrics in English (majority) and also French. Even so, in general, a work that has its qualities and deserves a hearing by fans of the styles mentioned.


Músicos:
Ahmed Bachaoui (baixo)
Ignazio Liberto (bateria)
Carmelo Ditavi (flauta, vocal)
Casimir Saliamorius (guitarra, vocal)
Alberto Azori, Alberto Azori (órgão)
Lucien Christofani (percussão)
Lucien Christofani (vocal)

Faixas:
01 Because I Think 2:45
02 Mister Girl 2:45
03 Ne Boude Pas 3:00
04 Baby Come 2:30
05 I'm Cryin' 3:12
06 Mina 3:00
07 Hurricane 3:03
08 Un Jour Je Partirai 3:10
09 Come Back To Me 2:51
10 Pars, C'est Fini 3:00
11 Kalika 3:10
12 Quand Reviendra L'été 3:33