Se você está interessado em baixar algum álbum postado a partir de 2015, entre em contato por e-mail: prolasdorock@yahoo.com ou deixe seu contato nos comentários (este não será visível publicamente), e o link será enviado o mais breve possível!


Mais informações aqui: http://goo.gl/ra9cdp


-------------


If you are interested in downloading any posted album from 2015, contact by email: prolasdorock@yahoo.com or let your email in comments (this will not be visible publicly) and the link will be sent as soon as possible!


More info here: http://goo.gl/ra9cdp

segunda-feira, 4 de março de 2013

HARD PROG - 2066 & Then - Reflections on the Future



Grupo alemão que tive vida muito curta: formado em 1971, lançou seu único álbum em 1972 e logo depois acabou. O vinil original contem apenas 5 faixas e é raríssimo por que os discos foram perdidos. Um CD só foi lançado só em 1989 com gravações de 1971 (anteriores as originais) e algumas faixas bônus que não tinham sido lançadas.
O disco Reflections on the Future de 1972 possui faixas longas e que em sua maioria são de rock progressivo, com algumas partes mais pesadas (hard rock), Krautrock e até alguns toques "heavy" blues. Destaque para alguns ótimos riffs pesados de guitarra presentes (que chegam a lembrar Blackmore em seus anos inciais), o órgão Hammond que trabalha muito no álbum, os bons vocais do Geff Harrison e algumas curtas passagens de flauta.
Uma grande banda, com grandes sons, que registrou a sua obra para a eternidade em um ótimo disco.
Pérola Recomendada!!!

Geff Harrison (vocals)
Gagey Mrozeck (guitar)
Steve Robinson [Rainer Geyer] (keyboards, vibraphone, synthesizer, Mellotron, vocals)
Veit Marvos (keyboards, vibraphone, synthesizer, Mellotron, vocals)
Konstantin "Konni" Bommarius (drums)
Dieter Bauer (bass)
Martin Roscoe (drums)

1. At my Home (7:57)
2. Autumn(9:06)
3. Butterking (7:17)
4. Reflections on the Future (15:48)
5. The way that I feel today (11:11)
6. Spring (13:02)
7. I wanna stay (3:59)
8. Time can't take It Away (4:40)





Nenhum comentário:

Postar um comentário