Se você está interessado em baixar algum álbum postado a partir de 2015, entre em contato por e-mail: prolasdorock@yahoo.com ou deixe seu contato nos comentários (este não será visível publicamente), e o link será enviado o mais breve possível!


Mais informações aqui: http://goo.gl/ra9cdp


-------------


If you are interested in downloading any posted album from 2015, contact by email: prolasdorock@yahoo.com or let your email in comments (this will not be visible publicly) and the link will be sent as soon as possible!


More info here: http://goo.gl/ra9cdp

segunda-feira, 9 de junho de 2014

PSYCHEDELIC ROCK - LES GOSSES - Same - 1971


Pérola obscura formada em Roermond, na Holanda, ainda no começo dos anos 60, o grupo Les Gosses lançou um compacto e um único álbum em 1971, este último lançado de forma independente e com apenas 270 cópias, até hoje não relançado e valendo um bom dinheiro entre colecionadores.
O disco homônimo traz 11 faixas curtas que misturam rock psicodélico típico do final da década de 60, com pitadas de progressivo, hard e também algumas baladas. Os covers presentes mostram as influências dos caras, como "Thunderback Ram", do Mott the Hoople, "What Is And What Should Never Be", do Led Zeppelin e "Your Own Choice", do Procol Harum. No instrumental, destaque para o órgão, piano e guitarra, as letras são em inglês e com alguns momentos de coro.
Nada de extraordinário, mas uma boa raridade para fãs de rock psicodélico dos anos 60.
Link

Obscure pearl formed in Roermond, Netherlands, still in the early '60s. The group Les Gosses released a rare and single album in 1971, with only 270 copies. The self-titled album features 11 short tracks that mix typical psychedelic rock of the late 60s, with touches of prog, hard and also some ballads. The covers show the influences of guys like "Thunderback Ram" by Mott the Hoople, "What Is And What Should Never Be" by Led Zeppelin and "Your Own Choice" by Procol Harum. In instrumental, great passages of organ, piano and guitar, the lyrics are in English and with some moments of chorus. Nothing extraordinary, but a good rarity for fans of '60s psychedelic rock.

Frits Nijsen (vocal, guitarra)
Hans Heijnen (baixo)
René van de Hurk (piano, órgão)
Frits van Ooteghem (bateria, percussão)

01 What Is And What Should Never Be
02 It's A Beautiful Day
03 Dies Irea
04 Mon Reve
05 Shoot
06 Your Own Choice
07 Times We Were Young
08 Strange to Die
09 Thunderback Ram
10 Was It You
11 In My Place



Nenhum comentário:

Postar um comentário